sexta-feira, 4 de maio de 2007

Igreja Betel








Planta Baixa Pav. Térreo




Planta Baixa Pav. Superior


MEMORIAL DESCRITIVO

Premiada pelo IAB PB na categoria institucional em 2004, a Igreja Betel da Praia do Poço, foi projetada para um lote de 24x30m, no bairro do Poço, Cabedelo – Pb. Volumetricamente, foi dividida em três partes, que correspondem às funções básicas determinadas pelo programa:
O primeiro volume, que se destaca na fachada norte como uma grande empena cega marcada por frisos, abriga o Templo e o Batistério. Com um recuo frontal maior que o exigido por lei, que confere ao edifício uma melhor perspectiva, este espaço se caracteriza como um local que, isolado do ambiente externo, evoca paz e tranqüilidade, um local favorável à reflexão.
O segundo volume, uma caixa branca suspensa sobre pilotis, com esquadrias em madeira, marca o acesso. Contrapondo-se com a grande massa do volume do templo, essa caixa confere leveza e harmonia à edificação. Nele está localizado o Centro Educacional, composto de seis salas de aula, uma no térreo e cinco no pavimento superior. Estas salas são para uso da escola bíblica da Igreja, que também ministra gratuitamente aulas de alfabetização para jovens, adultos e idosos da comunidade circunvizinha. Esta parte da construção também abriga a cozinha que apóia o Salão de Eventos.
O terceiro volume, onde se localiza o Salão de Eventos, espaço destinado a reuniões comunitárias e a lugar de descontração, está inserido na porção sudoeste. Consiste basicamente numa cobertura solta, que valoriza a sombra e o contato com os jardins. Sob esta cobertura sombreada surge a caixa que abriga os sanitários, secretaria e gabinete.
Esse jogo de volumes, tão marcante na edificação, é espacialmente resolvido com a circulação principal, que se caracteriza como elemento articulador dos espaços. Ela interliga as diferentes atividades previstas no programa dando continuidade e fluidez aos ambientes e convidando o usuário a caminhar através dos jardins, outro ponto forte do projeto. Passarelas em madeira fazem a transição da circulação para os espaços aos quais ela conduz.
Outro aspecto importante considerado no projeto é a preocupação com o conforto ambiental. A criação Divina, representada pela natureza, é posta em contato com o projeto quando o pavimento térreo abre-se à ventilação como um grande terraço e agrega os recuos lateral e de fundos onde jardins serão plantados. Da mesma forma, o volume destinado ao Centro Educacional busca a melhor ventilação possível assim como a fachada oeste da edificação não permite a entrada direta do sol da tarde.


Ficha Técnica:
Arquitetura: Ricardo Vidal
Maquete eletrônica: Ricardo Vidal, Bruno Trigueiro e Leonardo Tavares
Ano do Projeto: 2004

2 comentários:

Lidiane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lidiane disse...

Nossa amei o projrto d vcs tudo perfeitoo***
a amkete esta impecável parabensss***